Aula 4

abril 9, 2008

Nesta aula, o Eduardo apresentou um resumo detalhado dos Capítulos 3, 4, 5, 8 e 9 do livro “ Corporate Truth: The Limits to Transparency” de Adrian Henriques, Editora Earthscan, Londres, 2007.

Algumas observações:
1) A colocação da idéia de empresa como uma forma de obter, de certa maneira, uma maneira de transferir responsabilidade para uma organização, sob a ótica jurídica, o que levaria a proteção de indivíduos quanto a sua responsabilidade legal.
2) A tentativa de associar o conceito de transparência aos conceitos de verdade, ética moral, e responsabilidade social. “A transparência é um meio para divulgar a verdade.”
3) A visão da transparência organizacional organizada em 4 classes: transparência vista de cima, transparência vista de baixo, transparência vista de fora e transparência vista de dentro. Claro isso supõe uma hierarquia na organização (níveis) e um entendimento dos limites da organização.
4) A idéia de interessados (“stakeholders”) e sua taxonomia: a) acionistas, b) fornecedores, c) clientes, d) a comunidade, e) empregados.
5) A perspectiva de direitos: o direito de saber. A interação com a privacidade.
6) A transparência face ao conceito de responsabilidade jurídica (“liability”), os impactos de informar transparentemente, o exemplo da vinícola.
7) A colocação de que no tema de transparência da imprensa, são chaves: os “alvos da notícia”, os anunciantes e os acionistas da empresa de mídia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: